Escolha uma Página

Roteiro Gastronômico em Belo Horizonte – a agenda cultural e a Gastronomia em BH

Belo Horizonte não é apenas uma cidade cheia de botecos e comida mineira. Na capital mineira existem diversos restaurantes especializados em culinária internacional e também em pratos típicos de outras regiões do Brasil. Além dos botecos, claro, Belo Horizonte é uma cidade apaixonada por arquitetura e vários dos restaurantes famosos e incluídos no roteiro gastronômico e cultural foram projetados por grandes escritórios de arquitetura da cidade, como por exemplo a Sala Minas Gerais, que foi criada pelo mesmo arquiteto, José Augusto Nepomuceno, que concebeu a Sala São Paulo.

 

A seguir, vamos expor as novidades da capital mineira que não podem ficar fora do seu roteiro, assim como a renovação de suas tradições voltadas para a cultura e a gastronomia.

  1. Pé de Palito

Obra de Oscar Niemeyer, o Edifício JK agora é sede de uma galeria de móveis chamada Pé de Palito. Inicialmente a ideia era de se tornar um clube noturno, contendo até área para chapelaria e um restaurante, se transformou em uma loja de mobiliário vintage depois de passar por um processo de restauração comandado por Marcelo Alvarenga, do Play Arquitetura.

Se você não está apenas de passagem por Belo Horizonte e pretende alugar um local para morar e, além disso, gostaria de ter a experiência de morar no edifício JK, consulte imobiliárias em BH para ver a possibilidade de alugar um apartamento no famoso Edifício JK ou a disponibilidade de outros imóveis em BH disponíveis para compra ou aluguel.

  1. Laces & Hair

O salão Laces & Hair fica em um casarão dos anos 40 no bairro Lourdes e é chamado de salão Eco Friendly, pois eles empregam produtos que não poluem o meio ambiente e investiram no tratamento e reaproveitamento de agua do próprio salão. Além disso, ele possui um teto verde capaz de diminuir a temperatura interna do salão.

  1. Fasano

O Hotel Fasano se tornou um ponto de selfie na capital mineira. O projeto arquitetônico foi concebido pelo escritório Bernardes Arquitetura e é o mais novo hotel da rede Fasano. O hotel é famoso pela sua gastronomia e pelo seu espaço gastronômico. Foi instalado um Gero integrado ao lobby do hotel repleto de mobiliário de mestres do design nacional. Uma antiga queijeira serve de bancada para o café da manhã, por exemplo. Além disso, paredes e portas pivotantes de aço corten dividem os ambientes e o teto é feito de ripas de freijó que garantem luz natural para os hospedes ao longo dia. Para finalizar, o restaurante conta com shows de Jazz todas as quintas-feiras.

  1. A Central

Inaugurado em novembro de 2018 pelo dono do Guajá, o arquiteto Lucas Durães, A Central é o mais novo restaurante e espaço de eventos da capital mineira. Ele fica situado em um edifício de 1906 que sediou uma fábrica de tecidos, além de ser famoso pelo melhor pudim de Belo Horizonte.

  1. Sala Minas Gerais

Criada por José Augusto Nepomuceno, arquiteto e um dos principais consultores de acústica do país, a Sala Minas Gerais, além de abrigar salas de concerto de alta qualidade técnica, contribui para a renovação urbana ao propor uma área de socialização: o pré-foyer é aberto à rua e garante o bom diálogo entre o interior e o exterior.

  1. Padaria Casa Bonomi

Conhecida pelo roteiro de Gastronomia BH, a padaria Casa Bonomi vale a visita e as calorias consumidas. Ela foi criada pela ex-bailarina do Grupo Corpo Paula Bonomi em 1990 e foi projetada pela arquiteta e figurinista do Corpo, Freusa Zechmeister. Famosa pelos seus croissants de chocolate e ocupa um casarão tombado de 1902. O piso da padaria é de madeira de demolição e o fermento natural é utilizado nos pães antes de entrar em moda. Além disso, como especialidade, eles possuem o pão com queijo da Serra da Canastra e o pão de queijo Prima Donna, presunto cru e rúcula.

  1. Birosca S2

Fazendo parte do roteiro gastronômico Restaurantes BH, o Birosca S2 é um restaurante despojado que se localiza no bairro Santa Tereza com direito a garçom tocando piano e muros baixos que permitem uma integração com a praça ao lado. No menu enxuto, pratos imperdíveis como o croquete de cordeiro com coalhada seca e chutney de pera, ou os dadinhos de tapioca com banana-da-terra, camarão e molho de moqueca. Além disso, o tiramisù é cortado em pedaços na hora e no tamanho que o freguês quiser.

Não deixe de participar desse roteiro gastronômico e cultural em Belo Horizonte e, claro, não deixe de conhecer os bares e botecos famosos da capital mineira, como a Cervejaria Viela, localizada no bairro Saudade, próxima da região central.

Referências: Casavogue, BeloHorizonte.MG

Share This

Compartilhe!

WhatsApp chat